Loading...
CondenadaJohnson

Johnson & Johnson é condenada a pagar US$ 4,6 bilhões por talco contaminado com amianto

Johnson & Johnson é condenada a pagar US$ 4,6 bilhões por talco contaminado com amianto

produtos Johnson & Johnson

SÃO PAULO – A Johnson & Johnson foi condenada nesta quinta-feira (12) a pagar US$ 4,69 bilhões a consumidoras que entraram na justiça contra a empresa, alegando que o talco da marca contém amianto na fórmula e que o uso a levou a desenvolver um câncer no ovário. Esta disputa é, segundo a
Bloomberg, o sexto maior veredito de produto defeituoso da história dos Estados Unidos.

Do total a ser pago, US$ 4,14 bilhões são referentes a danos morais, enquanto os US$ 550 milhões restantes de indenização à autora do projeto e outras 22 mulheres e suas famílias pelas perdas.

O caso está ligado diretamente a outras mais de 9 mil alegações de que o uso do clássico talco infantil da Johnson está ligado ao câncer de ovário. A Imerys SA, fornecedora do talco para a marco, também foi condenada a pagar uma multa de US$ 5 milhões.

A defesa da autora do processo chegou a argumentar que a Johnson estava ciente de que seu produto estava contaminado com amianto, mas optou por “proteger” o talco infantil, historicamente o produto de maior sucesso da marca. Argumentou também que a empresa teria manipulado os testes que confirmaram a presença de amianto na fórmula: no caso de resultado positivo, a empresa reencaminharia as amostras para outro laboratório cujos resultados seriam diferentes.

A J&J, por sua vez, refutou o argumento afirmando que “não faz sentido” que a empresa faça longos testes e ainda assim permita que o produto seja defeituoso, alegando também que a companhia usa os melhores laboratórios de testes. Ela diz que recorrerá à decisão.

Uma porta-voz da Johnson enviou o seguinte comunicado à Bloomberg: “O veredito foi resultado de um processo fundamentalmente injusto que permitiu à parte queixosa que apresentasse um grupo de 22 mulheres, a maioria sem conexão com o caso original, todas alegando terem desenvolvido câncer de ovário. O pagamento de US$ 25 milhões a cada uma delas e membros de sua família, independentemente de seus fatos, reflete que as evidências do caso foram oprimidas pela perda deste tipo de procedimento”.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio. Abra sua conta na XP

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *